Notícias

Trio Curupira lança 4° CD com show gratuito no Teatro Santarosa

As apresentações do Curupira já tiveram participações de grandes nomes da música: Hermeto Pascoal, Jane Duboc, Hamílton de Holanda, Arismar do Espírito Santo, Natan Marques, Vinícius Dorin, Itiberê Zwarg, Arrigo Barnabé, Badi Assad, Mestre Salu

13/08/2013

 

O Trio Curupira faz agora, no dia 18 de agosto, às 19h, gratuitamente, no Teatro Santarosa, o lançamento do seu mais novo CD: JANELA. Desde 1996 na estrada, os meninos compõem e tocam música instrumental brasileira e são/foram parceiros de artistas importantes da música nacional, como Hermeto Pascoal, Arismar do Espírito Santo, Badi Assad. André Marques, Cleber Almeida e Fábio Gouvêa, integrantes do Trio Curupira, são amigos e se conheceram em Sorocaba, cidade do interior de São Paulo. 

Nas 12 faixas do novo CD os músicos interpretam ritmos no piano, bateria e baixo, além de flauta, cavaquinho, guitarra, percussão e escaleta. Baião, frevo, samba, coco e maracatu se misturam às influências da música erudita. Tudo isso junto e misturado dá forma e som aos shows gratuitos do novo CD JANELA, do Trio Curupira. Este projeto foi contemplado com o edital nº 35 do ProAC, é realizado com o apoio do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Estado da Cultura, pelo Programa de Ação Cultural de 2012 e a gestão cultural é da Doble Cultura + Social.

Trio Curupira
O nome não é por acaso: ao fazer referência ao personagem mítico do folclore brasileiro encarregado de proteger as florestas e os animais, o trio assumiu a missão semelhante de defender a música e a cultura brasileira com uma sonoridade densa, harmonia rica e personalidade marcante.

O projeto, aprovado pelo edital do Programa de Ação Cultural de São Paulo da Secretaria de Estado da Cultura, disseminará aos espectadores a música popular brasileira instrumental, como uma alternativa em contraposição às músicas comerciais de fácil acesso distribuídas pelos meios de massa, ampliado as referências e raízes da cultura musical brasileira. Este apoio também viabilizará a gravação do quarto CD do Trio com músicas inéditas, além da circulação do show de lançamento do quarto CD em Campinas (dia 28/08, no Teatro Municipal) e dia 12 de setembro em Guarulhos, no Salão das Artes do Centro Cultural Adamastor. Foi realizado ainda show em Piracicaba.

O grupo se destacou no “Rock In Rio” de Lisboa em 2004, ficou entre os finalistas no Prêmio Visa Instrumental no mesmo ano, foi indicado ao Grammy Latino em 2008 e ao Prêmio de Música Brasileira de 2009 e participou do Rumos Musicais do Itaú Cultural em 1998, além do Free Jazz Festival em 2001. Os músicos já tocaram com o grupo Duofel, com Hermeto Pascoal, Jane Duboc e Arrigo Barnabé.

Os artistas apresentaram seus arranjos expressivos em festivais e shows em Manaus (AM), Buenos Aires, La Plata, Córdoba, Bahia Blanca, Santa Fé e Resistência (Argentina), Rio de Janeiro, Porto Alegre (RS), Joinville (SC), Brasília (DF), Recife (PE), Garanhuns (PE), Bonito (MS), Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG). Suas performances já foram transmitidas pelo programa Mosaico (TV Cultura), fizeram parte da grade de programação do Sesc TV, foram veiculadas pela rádio argentina Tribulaciones e ganharam espaço no programa do Jô (TV Globo). Em quase todos os Sescs de São Paulo e interior paulista já foram realizados shows do Curupira.

DISCOGRAFIA

CURUPIRA – gravado em 2000 e lançado pela JAM Music, com André Marques, Ricardo Zohyo e Cleber Almeida. 
Participações especiais de Hermeto Pascoal e Natan Marques.

DESINVENTADO – gravado em 2003 e lançado pela JAM Music, com André Marques, Fábio Gouvêa e Cleber Almeida. 
Participação especial de Jane Duboc. 

PÉS NO BRASIL, CABEÇA NO MUNDO – gravado em 2008 e lançado pela MDR Records na Argentina e independente no Brasil.
Participação especial de Vinicius Dorin

INTEGRANTES
ANDRÉ MARQUES (piano, escaleta, flautas, rabeca, percussão)
Iniciou-se na música, aos onze anos, estudando piano erudito, passando depois para o piano popular no Conservatório Wilson Cúria, e posteriormente no CLAM, com Amilton Godoy (pianista do Zimbo Trio). Participou de vários festivais, tocando com Natan Marques, seu pai. 
De janeiro de 1994 até hoje, integra o grupo de Hermeto Pascoal, com quem já excursionou por todo o Brasil, Europa, EUA, Japão, Caribe, Argentina, Colômbia, Chile e Uruguai, participando de importantes festivais de música e tendo sua atuação comentada em jornais como “The New York Times”(EUA) e “The Guardian”(Inglaterra). Em 2002, gravou seu primeiro CD como integrante do grupo de Hermeto, o “Mundo Verde Esperança”, com o qual ganhou, juntamente com os outros músicos do grupo, o prêmio TIM (antigo prêmio SHARP) de melhor grupo musical do ano, além de uma indicação para o Grammy. 
Em novembro de 2006, participou de um importante projeto realizado na cidade de São Paulo, o “Obra Viva – Homenagem a Tom Jobim”, no SESC Pompéia, onde fez a direção musical e todos os arranjos que tiveram como intérpretes: Danilo Caymmi, Rosa Passos, Elza Soares, Thalma de Freitas e Max de Castro.
Atua como professor, desde 1995 e hoje leciona no Conservatório Dramático e Musical de Tatuí e na Faculdade Souza Lima, em São Paulo, além de dar oficinas musicais por todo o Brasil (São Paulo-SESC Vila Mariana, Curitiba, Ouro Preto, Itajaí, Ourinhos, Joinville, Tatuí, Bauru, Botucatu, Americana, entre outras). De uma dessas oficinas nasceu a Vintena Brasileira, uma pequena orquestra de vinte e três músicos que já possui dois cds lançados. Em 2008 lançou seu primeiro CD de piano solo, intitulado “SOLO”.   
André Marques teve participações ao lado de grandes nomes da música como o próprio Hermeto Pascoal e grupo, Ari Hoenig, Natan Marques, Arismar do Espírito Santo, Jane Duboc, Luciana Souza, Roberto Sion, Arrigo Barnabé, Renato Teixeira, Nenê, Heraldo do Monte, Hamilton de Holanda, entre outros.
CLEBER ALMEIDA (bateria, percussão, escaleta, viola caipira)
Começou, aos onze anos, estudando bateria. Aos quatorze, ingressou-se no Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, em Tatuí, para estudar percussão erudita com Luiz Marcos Caldana e Eduardo Gianisela, e bateria com Rui Carvalho. Formou-se, aos dezessete anos, nesse conservatório, onde até hoje leciona e integra alguns grupos. 
Faz parte da Banda Mantiqueira e do grupo de Antônio Nóbrega, com quem já viajou por todo o Brasil e mundo.
Sua versatilidade foi aguçada graças à experiência em acompanhar músicos de diferentes estilos e de renome como Hermeto Pascoal, Zélia Duncan, Hamilton de Holanda, Hector Costita, Teco Cardoso, Renato Teixeira, Itiberê Zwarg, Nenê, Roberto Sion, Guelo, Vinícius Dorin e Proveta. Em 2004, deu aulas de bateria e percussão nos Festivais de Verão de Brasília e de Inverno de Londrina. Em 2005 lecionou na XXIV Oficina de Música de Curitiba.
FÁBIO GOUVÊA (baixo, guitarra, violão, flautas, percussão)
Suas primeiras noções musicais vieram através de seu avô, aos nove anos, e seu primeiro instrumento foi o violão, que começou estudar aos dez, em seguida veio a guitarra, o contra-baixo e a flauta. Aos dezoito anos, formou-se em guitarra no Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, em Tatuí. Estudou também com músicos como Hélio Delmiro, Cláudio Celso e Vinícius Dorim, entre outros. 
Tocou em Portugal, Cuba, República Dominicana, Argentina, Portugal, além de vários estados brasileiros. 
Atualmente, ministra aulas de violão e guitarra no Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, em Tatuí, no Conservatório Enoque da Silva, em Alumínio/SP, e é formado em música na Faculdade Carlos Gomes.  
Toca com a baterista Vera Figueiredo e trabalhou também com Arrigo Barnabé e Hermeto Pascoal.

Serviço
Show de lançamento do CD “Janela” do Trio Curupira
Ribeirão Preto - 18 de agosto de 2013, domingo, às 19 horas
Local: Teatro Santarosa
Endereço: Praça Rotary Club, 325 - 
Telefone para informações: (16) 3916-1350
Capacidade do local: 198 lugares Duração: aproximadamente 90 minutos
Entrada franca Classificação Livre

Voltar