Notícias

Prótese de joelho elimina a dor e recupera a qualidade de vida do paciente

Técnicas cirúrgicas modernas e materiais de melhor qualidade têm permitido à medicina combater a artrose, degeneração da cartilagem da articulação, com procedimentos cada vez mais seguros e com menor tempo de recuperação.

19/05/2017

De acordo com o Dr. Paulo Cunha, cirurgião do joelho e integrante da equipe médica do Hospital Especializado de Ribeirão Preto, quem decide o momento da cirurgia é o paciente. 

A incidência da artrose do joelho, degeneração da cartilagem da articulação, cresceu nas últimas décadas proporcionalmente ao aumento da expectativa de vida. Pessoas mais velhas sofrem mais com este desgaste, presente em mais de 50% dos idosos acima de 60 anos e em 80% daqueles com 75 anos ou mais, causando dores, limitação na locomoção, deformação e perda de qualidade de vida. Em muitos casos, a solução médica passou a ser a colocação de prótese, cirurgia que vem se tornando cada vez mais segura e com tempo de recuperação do paciente bastante rápido se comparado a outros procedimentos.

De acordo com o Dr. Paulo Cunha, cirurgião do joelho e integrante da equipe médica do Hospital Especializado de Ribeirão Preto, quem decide o momento da cirurgia é o paciente. “Ninguém melhor do que ele para saber se as dores e dificuldades enfrentadas justificam a colocação da prótese”, explica. Integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Joelho, formado pela USP Ribeirão e com várias especializações, inclusive nos Estados Unidos, o Dr. Paulo já realizou cerca de 1.500 cirurgias deste tipo (artroplastia) e confirma que este procedimento atualmente é bastante seguro no Hospital Especializado, com índice de complicação inferior a 3%, como ocorre nos Estados Unidos e Alemanha.

Não somente os idosos são vítimas da artrose de joelho, mas em geral adultos que sofreram um trauma na região ou pessoas e atletas, amadores e profissionais, que expuseram esta sensível parte do corpo humano a uma carga excessiva ao longo da vida, do trabalho e dos treinamentos. O joelho, em razão dos movimentos diversos de flexo-extensão, rotação e de lateralidade, está naturalmente exposto a contusões e, com o avanço da idade, à progressiva perda de cartilagem e à chamada artrose primária.

Algumas dicas para prevenir o problema, de acordo com o Dr. Paulo, são simples: manter uma alimentação balanceada, controlar a obesidade, fortalecer a musculatura protetora dos joelhos e evitar a prática constante e volumosa de algumas atividades esportivas, como a corrida. “O importante, acima de tudo, é viver com qualidade e sem dor”, finaliza ele. Para isso, a cirurgia, que permite ao paciente voltar a caminhar em poucos dias, e a prótese de joelho, feita com materiais com durabilidade média de 12 anos, tornaram-se uma alternativa atraente e vantajosa nos casos mais graves de artrose.

Fundado em 2004, o Hospital Especializado (www.hospitalespecializado.com.br) e sua equipe multidisciplinar de cirurgiões plásticos, ortopedistas, cirurgiões da mão, microcirurgiões e cirurgiões de câncer, têm trabalhado em conjunto atingindo resultados significativos do ponto de vista funcional e estético. Transformou-se rapidamente num dos poucos centros médicos do país a atuar em áreas de alta complexidade, consolidando-se também como referência em toda a região de Ribeirão Preto, interior de São Paulo e do Brasil.

Voltar