Notícias

Startups orientadas pelo Instituto TIM são finalistas em torneio de tecnologia da Harvard e do MIT

Entre os projetos que participam do Brazil Conference 2019 em Boston, está startup Helidrop, de São Carlos

11/02/2019

Startups orientadas pelo Instituto TIM são finalistas em torneio de tecnologia da Harvard e do MIT 

Três startups que fazem parte do Academic Working Capital (AWC), iniciativa de empreendedorismo universitário do Instituto TIM, foram selecionadas para participar do Brazil Conference 2019 nos EUA. Esta é a primeira vez que projetos mentorados no AWC serão apresentados fora do Brasil para uma banca de jurados formada pelos principais nomes do mercado de fundos de investimento e capital de risco do mundo. O vencedor da disputa, que conta com outros dois projetos brasileiros, ganhará um prêmio de R$75 mil para o desenvolvimento do projeto e o segundo lugar será recompensado com R$ 25 mil.

Até a final em abril, equipes receberão treinamento e mentoria de investidores, empresários e alunos do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e da Universidade de Harvard. As startups da AWC selecionadas são a Aqualuz, a Helidrop e a NextCam, que possuem projetos que utilizam a tecnologia para resolução de problemas do país como saúde, educação e meio ambiente.

“Ter três projetos do Academic Working Capital como finalistas da competição é um reconhecimento do trabalho que o Instituto TIM faz há cinco anos para estimular a criatividade e o empreendedorismo de jovens talentos brasileiros. Sentimos muito orgulho de poder levar o trabalho dessas startups para fora do território nacional”, destaca Mario Girasole, presidente do Instituto TIM.

A equipe Aqualuz desenvolveu um sistema mecatrônico de filtragem baseado em luz solar, com o propósito de ajudar a resolver um dos maiores problemas de acesso à água potável, que afeta a região do semiárido. A Helidrop trabalha com o nicho de defensivos agrícolas e desenvolveu um equipamento e um modelo de negócio que oferece pulverização. O equipamento utilizado é um VANT (Veículo Aéreo Não Tripulado), com alta capacidade de carga para melhorar o combate às pragas. Já a NextCam observou que o setor da construção civil apresenta alguns problemas relacionados à segurança do trabalho e, pensando nisso, desenvolveu uma tecnologia que tem como base a inteligência artificial, utilizada para identificar riscos e realizar ações preventivas em cada etapa da obra. Câmeras com indicadores realizam esse monitoramento.

“Esses jovens terão a chance de participar da Brazil Conference que reunirá os maiores nomes do mercado debatendo questões importantes para o futuro do país e das empresas que eles estão desenvolvendo. Queremos impulsionar cada vez mais ideias inovadoras e startups focadas em desenvolver soluções que terão impacto real no dia a dia das pessoas”, afirma Diogo Dutra, coordenador do projeto AWC, do Instituto TIM. 

Sobre o Academic Working Capital (AWC)
O Academic Working Capital é voltado aos estudantes em fase final de graduação, que possuem seu Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com soluções tecnológicas ou de inovação. Os universitários recebem acompanhamento, orientação de negócios e recursos financeiros para transformar sua ideia em produto ou negócio. Em suas três primeiras edições, o AWC já apoiou o desenvolvimento de cerca de 80 projetos. Neste ano, o AWC conta com 32 grupos, sendo 86 alunos de faculdades de sete estados brasileiros (São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e Bahia), além do Distrito Federal. 

Sobre o Instituto TIM 
Criado em 2013, o Instituto TIM tem como principal objetivo criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Possui quatro pilares que definem sua atuação: Ensino, que tem como foco a educação e a ciência; Aplicações, com o objetivo de desenvolver novas soluções tecnológicas; Inclusão, com a difusão do conhecimento de tecnologias de informação e de comunicação; e Trabalho, criando novas formas de atuação por meio do conhecimento tecnológico. Até o momento, os projetos do Instituto TIM já envolveram cerca de 100 mil pessoas em mais de 250 municípios de todas as regiões do Brasil.

Voltar