Notícias

Exposição com obras do artista chinês Sun Hao fica até o dia 15 de julho no RibeirãoShopping

Com seis obras em nanquim, a mostra pode ser apreciada, gratuitamente, no Setor Terra Vermelha do empreendimento

28/06/2019

 

A exposição “Aqui é onde nos encontramos”, que reúne seis obras em nanquim do artista chinês Sun Hao, foi prorrogada. A mostra pode ser apreciada, gratuitamente, até o dia 15 de julho, no Setor Terra Vermelha do RibeirãoShopping.

A exposição, que já passou pelo Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (MAB FAAP), em São Paulo, trabalha o "encontro" entre o Oriente e o Ocidente. “Isso é enfatizado, inclusive, com o uso do nanquim, uma técnica típica chinesa, para representar modelos da escultura clássica ocidental”, acrescenta Lourdes Zilberberg, diretora do Instituto Confúcio para Negócios FAAP.

Outra característica muito presente nas obras de Sun Hao é a utilização de imagens de cavalo, que representam o heroísmo e a lealdade, atributos que o artista gosta de retratar em suas produções.

Professor de arte experimental, Sun Hao nasceu em 1980 na cidade de Linyi, província de Shangdong (China). É graduado em Pintura Tradicional Chinesa pela Academia de Belas Artes de Luxun e em Pintura Chinesa pela Academia Central de Belas Artes da China. Atualmente, é professor de arte experimental no Instituto de Arte e Design Gráfico de Beijing.

O artista possui obras espalhadas por importantes instituições, como Academia Luxun de Belas Artes, Academia Central de Belas Artes da China, Hong Kong Yingke Arts Center, Centro de Exposições de Hong Kong, Yu Chen Art Museum, Guan Shanyue Art Museum e Lingnan Fine Arts Museum.

A exposição é realizada em parceria com o Hanban – sede do Instituto Confúcio na China – e a UIBE (Universidade de Negócios Internacionais e Economia).

Voltar