Notícias

INICIATIVA A PARTIR DE RIBEIRÃO PRETO VALORIZA PRESERVAÇÃO MUNDIAL DAS ABELHAS

A campanha “Bee or not to be” traz informações para sensibilizar a sociedade sobre o sumiço das abelhas em todo o mundo e dá 10 dicas de como cada um pode ajudar para salvar esses insetos tão importantes para a sobrevivência da humanidade

07/01/2014

 

Diversas matérias têm sido veiculadas na imprensa brasileira e internacional e na internet com resultados de pesquisas que mostram como a redução das abelhas pode impactar negativamente a produção de alimento e a qualidade de vida no planeta. 

Com a campanha “Bee or not to be”, a agência 6P, de Ribeirão Preto (SP), traz informações sobre a Síndrome do Colapso da Colônia, promove e divulga petição de proteção que já ultrapassa sete  mil assinaturas de pessoas de mais de 100 países e apresenta algumas formas simples e educativas de participar e ajudar a salvar as abelhas.

Dinâmica e divertida, a página da campanha no Facebook valoriza com informações consistentes as abelhas e a importância delas no equilíbrio  ecológico. “Utilizamos a criatividade e, em muitas postagens,  o humor para chamar a atenção. Por isso, convido todos para curtir nossa página  https://www.facebook.com/beeornottobe”, afirma Daniel Malusá Gonçalves, idealizador da campanha.

A campanha “Bee or not to be” foi apresentada em outubro na Apimondia, o principal evento mundial do segmento e realizado em Kiev, na Ucrânia, com 8 mil participantes de 100 países, com o apoio da CBA (Confederação Brasileira de Apicultura) e ABEMEL (Associação Brasileira de Exportadores de Mel).  A campanha também conta com os apoios de  Apimondia, Filapi e FAO - Food and Agriculture Organization (ONU), entidade internacionais.

Dicas de como ajudar a salvar as abelhas:

ASSINE A PETIÇÃO EM PROTEÇÃO ÀS ABELHAS
Compartilhe com parentes e amigos a importância das abelhas, o problema atual e os objetivos de nossa ação.

PLANTE ÁRVORES E CULTIVE FLORES
Plante em sua casa, nos parques e bosques de sua cidade, espécies da flora apícola; flores com pólen e néctar fornecem o alimento natural das abelhas.

Voltar